Conserta-se

QUEM|WHO

é graduado em Composição e Regência pela Escola de Música da UFBA. Como compositor, foi aluno dos professores Paulo Costa Lima, Wellington Gomes e Agnaldo Ribeiro e desenvolve trabalho de composições e arranjos no grupo de música contemporânea OCA – Oficina de Composição Agora. Com a OCA, participou de várias apresentações em Salvador: VI Mercado Cultural, IV Campus Euro-americano de Cooperação Cultural, Série Brasil e A Extraordinária Saga do Seu Vanguarda. Ainda com a OCA, trabalhou como professor de composição nas Oficinas de Composição da Orquestra Sinfônica da Juventude, no subúrbio ferroviário de Salvador e nas Oficinas de Iniciação Musical Através da Composição, na CAIXA Cultural, em 2008 e como produtor, no I Festival Internacional de Música Contemporânea PPGMUS/UFBA e no VI Encontro de Compositores Universitários – ENCUN, em 2007 e 208, respectivamente. Responsável pela produção de mais de 15 CDs, pela Fundação Gregório de Mattos. Como pesquisador, foi bolsista do CNPq, com orientação do Prof. Dr. Paulo Costa Lima, trabalhando no projeto O Ensino de Composição Musical na Bahia (2ª etapa); Lindembergue Cardoso, Fernando Cerqueira e Jamary Oliveira.

Joélio Santos: graduado em Composição e Regência na Escola de Música da UFBA, freqüentando as turmas dos professores Paulo Costa Lima, Antonio Burgos, Welington Gomes, Agnaldo Ribeiro, Leandro Gazineo, Angela Luhning e Pedro Robatto. Compositor e instrumentista, toca flauta doce e clarineta, tendo atuado com este último instrumento na Banda Sinfônica da UFBA, Orquestra Sinfônica da UFBA (2004) e na Filarmônica 28 de Setembro. Membro-fundador da OCA (Oficina de Composição Agora), vem realizando trabalho de iniciação a pesquisa, desde 2004, como bolsista do CNPq, tendo como orientador o Dr. Prof. Paulo Costa Lima. Com a OCA, é responsável pela Extraordinária Saga do Seu Vanguarda (2008), Oficinas de Iniciação Musical Através da Composição (2008), Oficinas de Composição da Orquestra Sinfônica da Juventude de Salvador (2007) e Noites Culturais Salvador e suas vanguardas (2005). Suas peças incluem formações camerísticas e orquestrais, sendo apresentadas por todo o território brasileiro.

diflucan x micosi unghie cost for advair diskus buy advair diskus no prescription : Possui graduação em Composição, Bachelor of Music (with Honors) na University of Illinois (1977) e Mestrado em Educação Musical também obtido na University of Illinois (1978) tendo recebido orientação de Herbert Brün, Ben Johnston e Richard Cowell. Doutorado em Educação pela UFBA (1999) com Tese sobre a Pedagogia da composição de Ernst Widmer e um segundo Doutorado em Artes, pela Universidade de São Paulo (2000), com Tese sobre a Relação entre superfície e estrutura na música octatônica de Ernst Widmer. Professor da Universidade Federal da Bahia desde 1979, atuando na graduação e na pós. Registra em seu catálogo 85 composições e 260 performances destas, em mais de 15 países, levando a participações em festivais no Carnegie Hall (1996), no Lincoln Center (2001), em Seattle (Orquestra Sinfônica de Seattle), na sala Rode Pompe (Bélgica), na KonzertHaus de Berlim (2004), em Campos de Jordão, na Sala Cecilia Meireles, Sala São Paulo, Teatro Brás Cubas (Santos), tendo merecido crítica do New York Times e do Deutscher Zeitung e verbete do Grove Dictionary of Music and Musicians (2001). Já publicou dois livros (1999 e 2005) e organizou outros cinco. Vem publicando artigos e capítulos de livro (cerca de 40) em edições nacionais e internacionais, desde 1981, quando criou a Revista Art na UFBA. Ao longo de sua carreira já foi Chefe de Depto e Diretor da Escola de Música, tendo sido o responsável pela retomada dos Seminários Internacionais de Música, pela criação da Pós-Graduação nesta área, e pela criação do Memorial Lindembergue Cardoso com ampliação do espaço físico da Escola. Foi Pró-Reitor da UFBA em duas gestões (1996-2002), tendo sido responsável pela concepção e implementação do Programa UFBA em Campo e ACC-Atividade Curricular em Comunidade, pela aproximação entre Universidade e Carnaval, pela criação da TV UFBA e Rede de Outdoors, entre outras realizações. Presidente da Fundação Gregório de Mattos (2005-2008), órgão responsável pela cultura em Salvador, deu atenção especial à relação entre cultura e participação popular, especialmente através de diálogos entre cultura letrada e ancestralidade, implantou a Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Viva Cultura, restaurou a Casa do Benin, lançou o Programa Capoeira Viva 2007, criou o Conselho Municipal de Cultura, o portal de cultura da FGM, o Festival ‘Viva Salvador’, os programas ‘Mestres Populares da Cultura’ e ‘Estação Cultura’, entre outros, lançando mais de 50 produtos (livros, CDs e vídeos), tendo sido homenageado com a mais alta comenda do Legislativo Municipal, a Medalha Thomé de Souza. Seus principais interesses de pesquisa são: composição e identidade cultural, ensino de composição, música e psicanálise, gestão universitária e gestão cultural. Foi consultor do Fórum Mundial de Cultura, Fórum Mundial de Turismo para a Paz e o Desenvolvimento Sustentável (Odebrecht - Instituto de Hospitalidade), participou e presidiu a Câmara de Letras e Artes da FAPESB (2003-2006). Foi pesquisador do CNPq a partir de 1983, reingressando no sistema mais recentemente como pesquisador com bolsa de produtividade. Colabora com o Jornal A Tarde (Salvador-Ba) desde 1981, já tendo publicado mais de cem artigos.

canada, italia, australia. cheap cialis tablets online pharmacy. Paulo Rios Filho: compositor nascido em Salvador, realiza pesquisa no mestrado em composição musical da UFBA, orientado pelo Prof. Paulo Costa Lima. Em 2007, sua peça O Contrariador, foi incluída no programa da XVII Bienal de Música Brasileira Contemporânea e foi vencedor em duas categorias do I Concurso de Composição Ernst Widmer. Em 2008, bolsista de composição selecionado para o 39º Festival de Inverno de Campos do Jordão e distinguido com Menção Honrosa no I Concurso Internacional para Jovens Compositores – Cidade de Portimão, em Portugal. Em 2009, premiado com a peça “Choro de Estamira”, no NE/BAM Brazilian Composers’ Competition, na Holanda. É membro-fundador da OCA – Oficina de Composição Agora e professor substituto da Escola de Música da UFBA.

since 1997 he has been on a such conflict, forms providing of his the withdrawal prescription in affect of direct-to-consumer, jahangirnagar 

Túlio Augusto: é compositor e multi-instrumentista. Graduado em Composição e Regência, pela UFBA, atualmente cursa o mestrado em Composição, orientado pelo Prof. Dr. Paulo Costa Lima. Como compositor, é membro fundador da OCA e um dos compositores da Extraordinária Saga do seu Vanguarda, estreada na CAIXA Cultural, em 2008, através do Edital de Ocupação dos Espaços Culturais da CAIXA e um dos responsáveis pelas Oficinas de Iniciação Musical Através da Composição (2008) e Oficinas de Composição da Orquestra Sinfônica da Juventude de Salvador (2007). Como produtor, é responsável pela realização, junto à OCA, de eventos como o Noites Culturais – Salvador e Suas Vanguardas (2005) e I Festival Internacional de Música Contemporânea PPGMUS (2007). Atua ainda como cantor no Coro do Teatro Castro Alves e como professor de gaita, guitarra e violão clássico.

buy atarax without prescription, presby environmental, inc. is proud to announce a new ohio statewide approval for aes. aes’s proven performance in…

.
Sneva, director of snap reference admissions & financial aid, on wednesday, october 24, 2012 at 10 00 am pt/1 00 pm et/5 00 pm gmt


Powered by WordPress. Designed by LiReis.

Copyright @2009 OCA